Mato Grosso já tem mais de 10% dos prefeitos cassados

O republicano Júlio Cesar Ladeia é o 15º prefeito eleito cassado pela Justiça Eleitoral. O número representa um dos maiores quadros de cassação do país e atinge o índice de 10,6% dos 141 prefeitos do Estado.

A perda dos direitos políticos é motivada pelo descumprimento de regras eleitorais que vão desde a compra de votos, prática de caixa dois, irregularidades na prestação das contas de campanha ou abusos de poder político e econômico.

A perda dos mandatos tem levado a formação de um cenário político inusitado. Tangará da Serra acompanhará os municípios de Araguainha, Nova Olímpia, Novo Horizonte do Norte e Santo Antônio de Leverger, onde os presidentes das Câmaras de Vereadores estão respondendo pelo poder Executivo.

Isso porque a punição da Justiça Eleitoral também foi estendida aos vice-prefeitos eleitos. Nestes municípios, os eleitores deverão voltar às urnas para a escolha de um novo prefeito.

Já estão confirmadas novas eleições até o momento apenas nos municípios de Araguainha e Novo Horizonte do Norte.

Postagens mais visitadas deste blog

Conheça os cinco traficantes presos neste domingo pela Polícia Federal em Tangará da Serra

Sábado com acidente fatal na BR 364 próximo a Diamantino

Cecilia Gabriella,15 anos, é morta com 22 facadas em Campo Novo do Parecis