Índio será julgada por chacina em Juína


Por Dorjival Silva

Em Juína, o indígena Ricardo Vieira Cinta Larga, também conhecido como poeira, irá a júri popular na próxima segunda-feira, dia 3 de abril, sob acusação de ter assassinado cinco pessoas de uma mesma família de trabalhadores rurais do município em fevereiro de 1991.  Ricardo foi denunciado juntamente com o também indígena Aristino Junqueira Churapi, que já faleceu.

De acordo com a denúncia do Ministério Público Estadual, um grupo de índios cinta larga teria invadido a fazenda Damiani em Juína e atirado contra as vítimas. Os corpo de 4 vitimas foram encontrados próximos de onde viviam. Uma quinta vítima, menor de idade, não teve o corpo encontrado, mas supõe-se que também tenha sido morta.

Como disse: essa chacina ocorreu no ano de 1991, em Juína, e somente agora o principal acusado vai sentar no banco dos réus para ser julgado. 

Postagens mais visitadas deste blog

Conheça os cinco traficantes presos neste domingo pela Polícia Federal em Tangará da Serra

Sábado com acidente fatal na BR 364 próximo a Diamantino

Cecilia Gabriella,15 anos, é morta com 22 facadas em Campo Novo do Parecis